20 jul 2011

A Palavra de Deus educa, orienta, repreende

A semente é a Palavra de Deus, que é anunciada de muitas maneiras. Destaquemos somente duas: denunciar e anunciar. Você que é pai, mãe, irmão mais velho ou mais novo: quero que saiba que as duas palavras devem ir juntas. Só denunciar é perigoso e até certo ponto venenoso. É necessário que aprendamos, ao mesmo tempo, anunciar.

Denunciando as injustiças e todo tipo de maldade, dizemos às pessoas que nós não nascemos para o sofrimento, para o pecado, que nos leva à morte. Anunciamos que Deus nos criou para coisas grandes. É necessário dizer ao viciado, à prostituta, ao homossexual, ao adúltero, ao alcoólatra que “Tudo tem jeito. A vida não é esta que você leva. Se abandonar tudo isso, você terá um belo futuro. Você é inteligente e, mudando, irá longe na vida”.

Saiba que anunciar não é só denunciar. Nunca semeie o desânimo no coração de alguém. Anunciar é falar de Jesus e apontar soluções. A lágrima ou um beijo do pai – ou da mãe – vale mais do que muitos sermões. Além dos pais, os professores têm um grande compromisso de semear palavras de salvação aos alunos. Todos nós podemos e devemos pregar seja a propósito seja a despropósito. A colheita, porém, depende do terreno que é o coração de cada um.

O Reino de Deus começa quando aceito a Palavra, quando vivo meus compromissos de acordo com os ensinamentos de Cristo. Jesus nos alimenta. Ele é como o remédio que fortalece e pode mudar até o terreno. Ele pode mudar o coração de pedra em coração de carne. Veja quanto poder Cristo tem: mudou água em vinho, multiplicou os pães, converteu Paulo, os pescadores deixaram as redes quando ouviram Sua palavra. Ele, pela Palavra, expulsa demônios, cura doentes, ressuscita mortos, acalma o vento e o mar. Por que, então, Jesus não haveria de mudar a vida do seu filho, marido, pai, mãe, irmão, irmã ou alguém da sua família?

Ele fascina e encanta o povo porque fala com autoridade. Perdoa pecados, abre a porta do Céu. A palavra semeada é Palavra do Pai, é palavra de vida eterna, capaz de mudar sua vida e a história da sua família. A Palavra de Deus educa, orienta, corrige, repreende. Anuncia a grande alegria de que estamos salvos, convida a vivermos como filhos de Deus. A Palavra de Deus transmite a alegre notícia de que Deus nos ama.

Quem ouve a Palavra e a cumpre constrói sobre a rocha. Alimentar o coração com a Palavra de Deus nos faz crescer na fé. Se levo a sério a Palavra de Deus, Deus me levará a sério. A Palavra pregada hoje é a mesma que Jesus pregava. Nunca a ouça com o coração fechado; deixe-se tocar pela mensagem de Jesus, porque é a Palavra de Deus, que é anunciada.

Muitos a ouvem e não gostam dela porque a Palavra é como remédio amargo, mas que cura e liberta. Quem ouve não precisa sair contente com o pregador, mas descontente consigo. Para muitos a Palavra é amarga, dói. Para outros é gostosa, salva, traz coragem e paz. Quem prega anuncia Cristo e a salvação. Ouvir a Palavra é escutar a Cristo. Quem aceita a Palavra aceita o próprio Jesus.

Como acolho a Palavra? Com que interesse? Com alegria? Ou estou mais interessado em ouvir fofocas? Se não escuto a Palavra de Deus, a quem vou escutar? Os nossos ouvidos e a nossa mente precisam estar semeados com a boa semente da Palavra de Deus.

Senhor Jesus, fazei com que meu coração seja um terreno bem preparado para fazer frutificar cem, sessenta e trinta por um a Vossa Palavra. E, produzindo, serei verdadeiramente aquele que – ousada e criativamente – denuncio as injustiças sociais e anuncio o sublime amor de Deus por nós.

Padre Bantu Mendonça


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários