18 jul 2017

A penitência é um santo remédio para direcionar nossa vida

 A penitência é uma forma de nos vigiarmos, de nos corrigirmos e disciplinarmos

“Ai de ti, Corazim! Ai de ti, Betsaida! Porque, se os milagres que se realizaram no meio de vós, tivessem sido feitos em Tiro e Sidônia, há muito tempo elas teriam feito penitência, vestindo-se de cilício e cobrindo-se de cinza” (Mateus 11,21).

Jesus está repreendendo as cidades que não O acolheram nem fizeram penitência, Ele está, na verdade, repreendendo aqueles da nossa época, dos nossos dias, que acolhem, escutam a Palavra de Deus, mas a deixam simplesmente entrar por um ouvido e sair pelo outro.

Corazim e Betsaida, bem como muitas cidades da época de Jesus, escutaram-No pregar, viram os milagres d’Ele e simplesmente se comportaram com frieza, indiferença e conformismo: “Já escutei. Que bom! Que bonito!”, mas não fizeram nada para mudar de vida.

Ao contrário do que aconteceu com as outras cidades, onde a Palavra de Deus foi pregada anteriormente, as cidades Tiro e Sidonia mudaram e se converteram.

De que lado nós estamos? O que acontece com a vida de cada um de nós? Ouvimos e acolhemos a Palavra de Deus em nosso coração e permitimos que ela nos mude? Penitenciamo-nos de nossos pecados? Corrigimos os nossos próprios erros ou estamos apenas nos conformando em ouvir, dia após dia, a Palavra e dizer: “Muito bem! É isso mesmo. Que bonito que Jesus falou!”?

As Palavras de Jesus, em nossa vida, não são para nos causar admiração nem para dizermos: “Que bom que eu escuto a Palavra!”. A Palavra do Senhor tem que, a cada dia, cair em nosso coração e provocar uma transformação.

Existe uma expressão muito importante: “Fazer penitência”. Não fique pensando que penitência é uma coisa só para os grandes pecadores ou para fazermos na época da Quaresma. Não! A penitência é uma forma de nos vigiarmos, de nos corrigirmos e disciplinarmos. Precisamos, a cada dia de nossa vida, fazer alguma forma de penitência; e quanto mais ela for vivida no nosso interior, mais eficaz ela será. Penitência naquilo que falamos, naquilo que escutamos e comemos, na forma que estamos agindo e vivendo. Nas correrias da vida, temos de parar, repensar e mudar certas atitudes. Não podemos simplesmente nos conformar e dizer: “Está tudo bem. É assim mesmo. Uma hora eu mudo”.

Quem acolhe a Palavra de Deus detêm-se para rever-se, pois a penitência é um santo remédio para direcionar o que está errado em nossa vida. A graça de Deus está a nosso favor quando nós colaboramos com ela.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Comentários

Outubro

53%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.


  • Comentários