16 Mar 2018

A malícia do coração nos torna cegos

Jesus é a santidade de Deus no meio de nós e todos os Seus atos são repletos de bondade para resgatar o coração humano das garras do mal

“Tais são os pensamentos dos ímpios, mas enganam-se; pois a malícia os torna cegos, não conhecem os segredos de Deus, não esperam recompensa para a santidade e não dão valor ao prêmio reservado às vidas puras” (Sb 2,21-22).

A iniquidade do mundo é ter os pensamentos longe dos pensamentos de Deus. O pensamento da iniquidade nos conduz para uma vida torta, longe da graça e do pensamento do Senhor. Os pensamentos do mundo são cercados por uma soberba que envaidece, cega e não nos permitem ver o mundo como ele é, e nem a maldade que se introjeta, muitas vezes, dentro do nosso coração. A soberba do mundo não é simplesmente não crer em Deus; a soberba do mundo é negar os valores humanos, divinos e cada um deixar-se guiar pela cegueira do coração humano.

O pensamento dos ímpios estavam cercados de malícias; e as que nos tornam cegos são as malícias do coração, elas não nos permitem ver as realidades espirituais em nós e, assim, não conhecemos os segredos de Deus.

Os segredos de Deus não é algo escondido, que não podemos ter acesso. Os segredos de Deus são divinos, salvíficos, trazem graça e santidade para a nossa vida. Mas não dão valor ao prêmio reservado às vidas puras. O que é uma vida pura senão uma vida santa? O mundo em que vivemos está simplesmente desprezando a santidade e os valores divinos.

Contemplamos neste tempo Quaresmal, Jesus sendo desprezado, condenado, rejeitado pelos homens. Ele não é condenado por causa do que Ele fez, porque Ele fez tudo bem. Jesus é desprezado por aquilo que Ele é. Jesus é a santidade de Deus no meio de nós e todos os Seus atos são repletos de bondade para resgatar o coração humano das garras do mal, por esse motivo o mundo O rejeita.

O mundo está acostumado com o mal e não aceita ser liberto da maldade. Pensemos nos porcos que vivem dentro de um chiqueiro; eles não querem sair dali e até vociferam, rejeitam, gritam se forem retirados daquela situação. Assim é o mundo: vive sujo, cercado por todas as malícias; não acolhe o Divino Salvador, rejeita a vida que Deus nos trouxe.

Para vivermos a santidade da vida em Deus, a nossa atitude tem de ser contrária; tem de ser a de rejeitar o mundo com sua sujeira, com sua maldade e malícias. Não podemos rejeitar a salvação que Deus nos trouxe.

Abramos o nosso coração para acolher, a cada dia, a vida nova que Deus nos trouxe!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Abril

57%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.