02 jan 2016

A humildade nos mantêm unidos a Deus

A humildade nos mantêm unidos a Deus, ajuda-nos a reconhecer nossas próprias fraquezas, nossos erros e limites

“No meio de vós está aquele que vós não conheceis, e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias” (João 1,26-27).

 

Amados irmãos e irmãs, no contexto deste tempo natalino, a figura de João Batista fica também presente em nossos corações. João Batista sempre nos mostra quem é Jesus. As pessoas corriam atrás de João e estavam agraciadas por aquilo que ele trazia na pregação de sua palavra, mas jamais permitia que as pessoas parassem nele. Ele lhes mostrava que o Cordeiro, o Salvador, o Redentor da humanidade é Jesus.

A grandeza de João está na sua profunda humildade: “Convém que ele cresça e que eu diminua. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias” (João 1,27.3,30). Não é o fato de João ser o precursor de Jesus, parente d’Ele; não é o fato de ter sido santificado ainda no ventre de sua mãe que fez dele grande. O que fez João Batista grande no coração de Deus foi sua pequenez e sua humildade de coração.

Invistamos na virtude da humildade

Nada é mais agradável a Deus do que um coração humilde, que não se deixa levar pela soberba, pelo orgulho, pelas vantagens, pelos méritos e pelo reconhecimento humano. Um coração humilde sabe reconhecer a grandeza do outro, coloca-se debaixo das mãos de Deus e reconhece que grande é somente Ele.

Nós somos servos do Senhor, somos criaturas de Suas mãos e sempre dependentes do amor divino. Se quisermos começar muito bem o novo ano, invistamos com todo o nosso coração na virtude da humildade. Como ela faz bem!

Os benefícios de ter um coração humilde

A humildade nos mantêm unidos a Deus, ajuda-nos a reconhecer nossas próprias fraquezas, nossos erros e limites. Quando somos humildes, não humilhamos ninguém nem nos colocamos acima dos outros; sabemos reconhecer nossos erros sem precisar apontar os erros do outro, sabemos nos colocar em nosso lugar sem precisar nos sobressair sobre os outros.

Que João Batista, aquele que preparou os caminhos do Senhor, ensine-nos o caminho da humildade que ele percorreu, para que não percamos a direção do Céu e possamos estar unidos ao Cordeiro que João apontou com a vida e com as palavras.

Convém sempre que só Jesus cresça e nós estejamos aos Seus pés!

Deus abençoe você!

repensando-a-vida

Adquira este livro de padre Roger Araújo


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários