10 Jun 2017

A generosidade de Deus forma corações generosos

A generosidade é virtude dos grandes, daqueles que são curados e transformados por Deus

“Em verdade vos digo, esta pobre viúva deu mais do que todos os outros que ofereceram esmolas. Todos deram do que tinham de sobra, enquanto ela, na sua pobreza, ofereceu tudo aquilo que possuía para viver” (Marcos 12,43-44).

Jesus está exaltando a generosidade do coração dessa viúva. É importante lembrar o que é a generosidade e o que é a mesquinhez. A tendência da natureza humana, por causa do pecado, é sermos mesquinhos, é darmos o resto, as sobras, o que não presta mais.

Quando alguém não quer mais roupas, as que não lhes servem mais, mandam dar aos outros, mas, muitas vezes, são roupas que não servem para mais ninguém, roupas que já estão rasgadas, que não têm mais jeito; esse é um exemplo de mesquinhez.

Quem é generoso dá do que tem, dá das coisas boas que têm, dá a roupa que tem, a comida que tem. Você reparte o que tem com os outros, mas não pode achar que a generosidade é pegar o que você tinha como destino o lixo e dar para alguém.

É óbvio que você pode fazer sua caridade, pois pode ser que para alguém tenha proveito aquilo que você está dando. No entanto, eu lhe digo que o nosso coração não pode se acostumar com a mesquinhez. Pelo contrário, somos chamados a cultivar em nós a semente da generosidade.

O primeiro exemplo para nós é o próprio Deus, Ele é extremamente generoso conosco. O amor que Ele tem por nós não é pouquinho, não é dado em parcelas nem numa pequena quantidade. O amor de Deus é pleno e total.

Deus não nos dá um meio de salvação mesquinho, Ele nos dá o Seu próprio Filho, dá-nos o Seu Espírito Santo. Ele nos dá o que é d’Ele, da natureza divina para nós. A generosidade de Deus forma corações generosos.

O mais importante não é o conhecimento que temos, os trabalhos que fazemos, aquilo que nós estamos fazendo no Reino de Deus. O critério aqui é a generosidade.

O fato de essa mulher ser viúva a deixava desprezada e de lado. Ela é para nós uma escola, um modelo, pois, no seu desprezo e na sua viuvez, não tendo nada financeiramente, ela tirou o seu melhor para colocar no templo.

Se temos de dar algo ao nosso próximo, que procuremos dar o melhor, que procuremos tirar o melhor de nós para servirmos a Deus e ao nosso próximo.

A generosidade é virtude dos grandes, daqueles que são curados e transformados por Deus. Que examinemos a nossa consciência e percebamos se o que guia os nossos gestos é a mesquinhez ou a verdadeira generosidade.

Deus abençoe você!

 


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Dezembro

37%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.