25 abr 2013

A certeza que nos alimenta e nos encoraja ao testemunho

O anúncio do Evangelho obriga os homens a uma opção. Quem aderir à proposta que Jesus faz chegará à vida plena e definitiva; mas quem recusar essa proposta, ficará à margem da salvação. A tarefa, ao qual os discípulos são chamados a fazer, atingirá toda criatura.

Tornar-se discípulo é, em primeiro lugar, aprender os ensinamentos de Jesus a partir de Suas Palavras, dos Seus gestos, da Sua vida oferecida por amor.

É um tremendo desafio testemunhar, hoje no mundo, os valores do “Reino”. Com frequência, os discípulos de Jesus são objetos da irrisão e do escárnio dos homens, porque insistem em testemunhar que a felicidade está no amor e no dom da vida. Com frequência, os discípulos de Jesus são apresentados como vítimas de uma máquina de escravidão, que produz escravos, alienados, vítimas do obscurantismo, porque insistem em testemunhar que a vida plena está no perdão, no serviço, na entrega da vida.

A missão que Jesus confiou aos discípulos é universal: as fronteiras, as raças, a diversidade de culturas não podem ser obstáculos para a presença da proposta salvífica de Jesus no mundo. Tenho consciência de que a missão confiada aos discípulos é universal? Tenho consciência de que Jesus me envia também a todos os homens – sem distinção de raças, etnias, diferenças religiosas, sociais ou econômicas – para lhes anunciar a salvação, a vida definitiva? Tenho consciência de que sou responsável pela vida, pela felicidade e pela liberdade de todos os meus irmãos – mesmo que eles habitem no outro lado do mundo?

O confronto com o mundo gera, muitas vezes, nos discípulos, desilusão, sofrimento e frustração. Nos momentos de decepção e desilusão, como tenho reagido? Se ainda algum dia tiver de chorar, consolar-me-á a certeza da presença de Jesus: “Eu estarei convosco até ao fim dos tempos”. Esta certeza deve nos alimentar e encorajar no testemunho d’Aquele que nos envia e em quem acreditamos: Jesus Cristo, nosso Senhor!

Padre Bantu Mendonça


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

https://www.facebook.com/pe.rogeraraujo/?fref=ts

Comentários