29 fev 2012

Saia desta geração má!

No tempo de Jesus, as pessoas procuravam sinais do Messias enviado por Deus. As autoridades pediam a Jesus que realizasse um sinal a fim de provar que Ele era, de fato, o Messias. Segundo Lucas, Jesus se recusa até mesmo a apontar o sinal da ressurreição.

Os ninivitas se arrependeram e se converteram com a pregação de Jonas. Jesus veio como um sinal do Pai para a humanidade. Ele é maior do que Jonas e maior do que Salomão.

A quem Jesus chama de geração má? Será que fazemos parte dela? A geração má a qual o Senhor se refere é aquela constituída de uma multidão de gente que não crê na Palavra de Deus e não segue os ensinamentos de Cristo, pois esperam por alguma coisa que venha acontecer e que seja visível aos olhos e sensível ao toque. É a geração dos que querem um sinal para acreditar, mas não enxergam o que está um pouco além da mesma vida medíocre e sem objetivo “do ter, do prazer, do poder, do divertir-se”.

Nós achamos que fazemos parte desse grupo que tem Jesus como sinal, mas, muitas vezes, necessitamos de outros sinais para acreditar na força e no poder de Deus. Cristo nos abre os olhos e nos mostra que os ninivitas acreditaram nas palavras de Jonas; a rainha do Sul (rainha de Sabá) seguiu os conselhos de Salomão e todos foram salvos. E quanto a mim e a você? A quem devemos ouvir para não fazermos parte dessa geração que caminha para o mal?

Convido você a fazer uma reflexão sobre sua vida e pensar se há alguma mensagem do Evangelho na qual você não acredita e, por isso, não a vive como Jesus ensinou. Reflita ainda: você espera algum outro sinal a não ser o da cruz?

Basta-lhe a Palavra de Deus para voltar atrás, arrepender-se e ter vida nova? Você sabe que foi assinalado com o selo do Espírito Santo de Deus? De qual geração você faz parte: da boa ou da má?

Escute a advertência do Senhor: “a rainha de Sabá (cf. 1Rs 10,1) e os ninivitas (cf. Jn 3,4-10) condenarão os que rejeitam Jesus”. Tome consciência disso!

Oxalá, você seja diferente das autoridades daquela época. Jesus é mais sábio que o rei Salomão e muito maior que Jonas, mas as autoridades não Lhe deram ouvidos e não se converteram. Eles preferiram continuar servindo seus próprios e mesquinhos interesses ao invés de se colocarem a serviço do projeto de Jesus que, com justiça, constrói uma nova sociedade e uma nova história. Agindo assim, as autoridades daquele tempo confirmaram que estavam contra Jesus, isto é, do lado de satanás que cria o reino da injustiça.

Saia desta geração! Saia deste partido e converta-se para a geração daqueles que buscam a face do Deus. Venha para Jesus! Assim, você terá vida em plenitude, fruto da justiça divina.

Padre Bantu Mendonça

Comentários