24 jul 2014

Não permitamos que a indiferença nos afaste da Palavra de Deus

Porque é pela indiferença, é pela falta de atenção e de diligência para com Deus e com a Sua Palavra que o nosso coração vai perdendo o gosto por Deus e pelas coisas d’Ele.

“Eles ouviram com má vontade e fecharam seus olhos, para não ver com os olhos nem ouvir com os ouvidos, nem compreender com o coração, de modo que se convertam e eu os cure” (Mateus 13, 15).

 

Que dureza é esta Palavra de Jesus para o nosso coração! Na verdade, Ele nos mostra a realidade do coração humano que simplesmente se fecha, se bloqueia e exclui a Palavra de Deus da sua vida e do seu coração. Assim como houve um grupo de judeus que se mostrou incrédulo, indiferente, fechado e ignorou a Palavra de Deus e esta não pôde produzir frutos em seu coração, porque os olhos se fecharam para não ver, os ouvidos se cerraram para não ouvir. Sobretudo, a compreensão dessas pessoas não se abriu para compreender os mistérios profundos do Reino de Deus.

Nós, homens destes tempos modernos, dos tempos em que nós vivemos, temos que nos vigiar e prestar atenção para que a indiferença e a frieza não tomem conta também do nosso coração. Porque é pela indiferença, é pela falta de atenção e de diligência para com Deus e com a Sua Palavra que o nosso coração vai se esfriando e perdendo o gosto e o sabor por Deus e pelas coisas d’Ele. Sobretudo se a ansiedade toma conta de nós, vamos ficando aos poucos indiferentes a Deus e à Sua Palavra.

Você sabe o quanto a indiferença dói no coração, quando você chega para falar algo a alguém e a pessoa não dá nem importância ao que você está lhe dizendo, quando dentro da própria casa, da mesma família e do mesmo ambiente de trabalho as pessoas mal se cumprimentam e mal se olham; porque ninguém está ligando no problema do outro, na fala do outro, na comunicação do outro. Cada um está fechado em si mesmo, e este fechamento, meus irmãos, minhas amadas irmãs, acontece também em nós quando nos fechamos, quando não nos abrimos para permitir que a Palavra de Deus produza frutos em nosso coração.

Muitas vezes, nós a escutamos, a achamos bonita e boa, mas quantas vezes nós a escutamos e não compreendemos o que nos foi falado, pois nossa mente e nosso coração estão longe, voando, e não nos abrimos para o essencial.

Que Deus hoje quebre toda a frieza, toda a indiferença, toda a falta de sensibilidade do nosso coração para com a Palavra d’Ele! Que Deus abra as janelas e nossos ouvidos; que Ele nos abra por inteiro para que nenhuma insensibilidade tire a força da Palavra de Deus de nossas vidas.

Deus abençoe você!

Comentários

comentário(s)

↑ topo