25 nov 2014

Com a Igreja estamos no caminho da salvação

Se você está com a Igreja, está com Cristo, está protegido, abençoado e não há porque temer nem se desesperar, ainda que o mundo caía sobre a sua cabeça. A Igreja é o Corpo Místico de Cristo, é sinal da salvação, da esperança e da confiança que temos de ter em Deus.

“Cuidado para não serdes enganados, porque muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Sou eu!’ E ainda: ‘O tempo está próximo’. Não sigais essa gente!” (Lucas 21,8).

A Palavra de Deus, que nos é anunciada no dia de hoje, é um convite para refletirmos sobre os acontecimentos finais da humanidade, da história final de todos nós. É importante dizer que nós já estamos nesses tempos. Isso não é a mesma coisa que dizer: “O fim do mundo, o fim dos tempos já está acontecendo”, mas todos nós caminhamos para este dia. Primeiro, o fim da nossa vida terrestre; cada um de nós, mais cedo ou mais tarde, vamos nos apresentar para Deus. Segundo, o fim da vida na face da Terra ou a vinda gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo. Não significa dizer que isso vai acontecer amanhã, depois de amanhã, mas é algo breve no tempo de Deus.

Agora, é preciso ter sabedoria, discernimento e prudência; é preciso entender o que o próprio Senhor está nos dizendo hoje: “Muito cuidado para não serem enganados, ludibriados, porque muitos virão em nome do Senhor com sinais, prodígios, com falácias e tantas coisas enganosas”.

Além disso, os sinais que vemos nos tempos – terremotos, fomes, coisas pavorosas acontecendo, muitas vezes, contra a dignidade da vida humana – ainda não representam o fim. Mas é tempo de nos prepararmos para o fim!

Esse tempo que se prepara para o fim chamamos de “tempo da Igreja”, que se estabelece no meio de nós! A Igreja é a mãe que cuida, acolhe, protege, ensina, ilumina e conduz seus filhos para esse tempo novo de graça que todos nós somos chamados a viver. Por isso, deixe-me dizer uma coisa a você: se está com a Igreja, está com Cristo; está protegido, abençoado e não há porque temer nem se desesperar, ainda que o mundo caía sobre a sua cabeça.

A Igreja, como mãe, nos conduz aos pés de Jesus na Sua vinda gloriosa. Ela, na sua sabedoria, na sua prudência, ajuda-nos a distinguir os sinais dos tempos, a não sermos confundidos e enganados, ludibriados com as palavras, com as pregações, com os falsos profetas que existem por todo o mundo.

Que neste tempo que nos separa da primeira vinda de Jesus até a segunda, que estejamos debaixo da proteção da Mãe Igreja, porque ela é o Corpo Místico de Cristo, é o sinal da salvação, da esperança, da confiança que temos de ter em Deus.

Se estamos com a Igreja, estamos no caminho da salvação, e não tememos o mal nem o que há de acontecer com a humanidade.

Deus abençoe você!

Comentários

comentário(s)

↑ topo