30 ago 2015

Peçamos a Deus a graça de ter o coração puro

Peçamos a Deus a graça de ter o coração puro. É preciso purificar a alma, os sentidos, a vontade e encher o coração com boa disposição, bondade, pureza e tantos outros elementos necessários para que nossa vida seja correta. 

“O que torna impuro o homem não é o que entra nele vindo de fora, mas o que sai do seu interior” (Marcos 7, 15).

O embate de Jesus com os fariseus é porque estes se preocupam muito com a casca, com o externo e com aquilo que é visível aos olhos humanos. Eles se incomodam porque os discípulos de Jesus, a exemplo do Mestre, comem sem lavar as mãos, fato que lhes [fariseus] causa repugnância.

Isso não significa que Jesus não tivesse higiene e não lavasse as mãos [antes das refeições], mas sim que Ele quis demonstrar algo muito mais profundo ao fazer isso. Existem muitas pessoas que lavam as mãos, tomam três banhos por dia, se arrumam e limpam de forma até frenética o corpo, passam maquiagem, fazem limpeza de pele, mas não fazem o essencial: limpar o coração. Muitas se preocupam em mostrar uma face bonita para aos outros, mas não cuidam do que têm dentro de si.

O Senhor nos diz, nesta passagem bíblica, que não é o que está fora de nós que nos torna impuros, mas aquilo que sai de nós. Isso porque é dentro do nosso coração onde guardamos e acumulamos as más intenções, as injustiças, as barbaridades, a falta de juízo, a devassidão e todas aquelas coisas impuras e maldosas que os outros nem imaginam que estejam guardados dentro de nós. Isso, sim, é algo mau!

Nós até podemos chegar diante de Deus maltrapilhos, com as roupas rasgadas, pois seremos muito bem recebidos, amados e abraçados por Ele. Contudo, nós não podemos chegar para participar do banquete eterno com o coração cheio de maldades, devassidões e impurezas. Por isso o trabalho da nossa vida, meus irmãos, a vida inteira, não é para simplesmente cuidar de ter boa pele ou boa aparência. O trabalho da nossa vida deve ser cuidar do nosso coração e ter o cuidado de não sermos excessivamente voltados para um lado da vida e nos esquecer do essencial, daquilo que sai de nosso interior.

O trabalho fundamental da nossa existência humana é cuidar do que está dentro de nós. A primeira coisa, para isso acontecer, deve ser a purificação interior: purificar a alma, os sentidos e a vontade. E purificar é justamente lapidar, tirar o que está estragado, renunciar ao que não convém, não deixar acumular dentro de nós tantas coisas velhas e tranqueiras que nos deixam cada vez mais podres por dentro.

E uma vez que vamos nos limpando, nos purificando e fazendo essa renovação interior ao longo da vida, é preciso encher o coração com coisas boas, com boa disposição, bondade, vontade reta, pureza e com tantos outros elementos necessários para termos uma vida correta.

Que Deus nos dê a graça hoje de ter um coração purificado por Sua Palavra para que vivamos uma vida autêntica no meio dos homens!

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova.

.

Comentários

comentário(s)

↑ topo