15 Dec 2017

Deus se manifesta entre nós

Reconheça onde Deus se manifesta, em que lugar Ele se faz presente; Ele está bem próximo de você, falando ao seu coração

Veio João, que não come nem bebe, e dizem: ‘Ele está com um demônio’. Veio o Filho do Homem, que come e bebe, e dizem: ‘É um comilão e beberrão, amigo de cobradores de impostos e de pecadores’” (Mateus 11,18-19).

A multidão não quis acolher a presença de Deus, não abriram o coração para reconhecer a visita de Deus, a presença d’Ele em seu meio. Pessoas demasiadamente ocupadas, fechadas em si mesmas, ocupadas com: seus negócios; afazeres; seu trabalho; com seu crescimento; com os investimentos; enfim, pela vida que levam. Não são capazes de reconhecer as manifestações de Deus.

Os sinais estão por aí, é bonito ver o próprio sinal que Jesus nos dá. A questão não é só comer e beber ou estar neste ou naquele lugar, a questão é uma só: abrir o coração para o novo de Deus, para a novidade, para a Boa Nova que se manifesta no meio de nós.

João Batista era um homem de ascese, levava uma vida penitente. Às vezes as pessoas vivem a penitência, levam uma vida penitente, chamam atenção para a conversão, à mudança de vida, para rever as próprias atitudes. Vendo o exemplo de João, percebemos que simplesmente acusaram a ele de ser um endemoniado, um louco ou assim por diante. Desse modo que tratam as pessoas que querem levar uma vida mais penitente, mas desses “penitentes” cada um reconhece a vida que teve, a vida que levou.

São Francisco de Assis precisou ser aplicadíssimo na vivência da penitência, para se purificar da vida velha que teve. Jesus já veio cuidando dos pecadores, acolhendo os pecadores, estando no meio deles, abraçando-os, amando a cada um deles. Mas disseram: “Não. Ele está com os pecadores; deve ser somente mais um”.

A verdade é que, o critério humano, o juízo humano, julga tudo segundo as suas próprias aparências e interesses. Se não nos purificamos dos nossos critérios humanos, da nossa sutileza e maldade, não conseguimos enxergar a presença de Deus no meio de nós, e essa presença se faz de diversas maneiras.

Deus não cessa de visitar-nos e de fazer-se presente no meio de nós. Reconheça onde Deus se manifesta, em que lugar Ele se faz presente; Ele está bem próximo de você, falando ao seu coração e visitando a sua vida. Não deixe que, os critérios que a nossa cabeça humana colocaram à frente, coloque-nos cegos e fechados para não reconhecer que Ele está no meio de nós.

Eles não reconheceram e, nós, muitas vezes, também não reconhecemos Deus no meio de nós, porque, não nos abrimos para reconhecê-Lo.

Deus abençoe você!


Padre Roger Araújo

Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova. Contato: padrerogercn@gmail.com – Facebook

Dezembro

43%

Confira a revista deste mês
Pai das Misericórdias

Pedido de Oração

Enviar
  • Aplicativo Liturgia Diária

    Com o aplicativo Liturgia Diária – Canção Nova, você confere as leituras bíblicas diárias e uma reflexão do Evangelho em texto e áudio. E mais: você ainda pode agendar um horário para estudar a palavra por meio do aplicativo.